UAS / Drone


As Aeronaves Não Tripuladas (Unmanned Aircraft Systems - UAS), popularmente conhecidas como “drones”, vêm se difundindo cada vez mais pelo mundo. De custo relativamente baixo, fácil acesso e simples manuseio, a demanda pelos pequenos UAS vem aumentado a cada dia.

Mas uma UAS não é um brinquedo. Possui regras próprias que diferem da já conhecida atividade de aeromodelismo e, por isso, precisa de certificação e autorização para voo. Assim, qualquer objeto que se desprenda do chão e seja capaz de se sustentar na atmosfera - com propósito diferente de lazer, hobby ou competição - estará sujeito às regras de acesso ao espaço aéreo brasileiro e precisará solicitar autorização de voo ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

Assista no vídeo abaixo os esclarecimentos dos principais itens referentes ao voo de Aeronaves Remotamente Pilotadas no Brasil, no que cabe ao DECEA.