Notícia Destaque

DECEA participa da maior feira de aviação de negócios da América Latina

publicado: 20/08/2019 07:35

 




O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) marcou presença, representando a Força Aérea Brasileira (FAB), na 17º LABACE (Latin American Business Avistion Conference & Exhibition).

O evento, promovido pela Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG), aconteceu nos dias 13, 14 e 15 de agosto, no Aeroporto de Congonhas (SP).

A Labace atrai todos os anos visitantes do Brasil  e dos países vizinhos, ao longo dos três dias com a exposição de aeronaves, estandes na área interna e uma intensa programação de conferências.

O Comandante Geral de Apoio, Tenente-Brigadeiro do Ar Paulo João Cury e o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, autoridades militares que comandam vertentes estratégicas da FAB, acompanharam o relevante evento do setor da aviação.

O Brasil é dono da segunda maior frota de aviação executiva do mundo e está entre as maiores frotas de helicópteros. “Os principais players do mercado mundial estão em São Paulo em agosto e o mais interessante é que as empresas não vêm apenas com um ou dois executivos de vendas, desembarcam com times inteiros, diretores e CEOs. Isso acontece pela relevância do evento e a força do mercado brasileiro e latino-americano para estas empresas”, explica Flávio Pires, Diretor-Geral da ABAG, organizadora da feira.

Programação

A feira apresentou uma lista de palestrantes, com análise no presente e no futuro sólido da aviação  brasileira. Na programação das conferências, o painel de discussão político-institucional, incluiu a temática “Controle do Espaço Aéreo: Uma nova perspectiva”, com a palestra do Capitão Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Davi Monteiro de Medeiros.

Na sequência, o Major Aviador Robson Laube Roque Moreira ministrou sobre a nova configuração da TMA São Paulo Neo, que entrará em vigor a partir de setembro de 2020. No começo do mês, foram concluídas fases importantes do planejamento, no Laboratório de Simulação do Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos.

A proposta do projeto aplica conceitos de navegação baseada em performance. “O Point Merge System é um método que permite a restruturação do espaço aéreo, reduzindo atrasos por meio de um gerenciamento mais eficiente. Pilotos e companhias aéreas seguirão uma nova doutrina operacional”, esclareceu o Major Moreira, coordenador de TMA Neo.

A exposição de consoles de revisualização, com o recente sistema de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo, o SAGITARIO, atraiu a atenção dos participantes. Pedro Toledo, de 27 anos, piloto comercial, visitou o estande do DECEA logo após a abertura do evento. “Todo ano participo da LABACE, e sempre procuro a exposição da FAB. Gosto de conhecer e conversar pessoalmente com os controladores do tráfego aéreo. Também é uma ótima oportunidade para tirar algumas dúvidas e saber dos novos projetos”.

Militares da SALVAERO (Salvamento Aeronáutico), saíram de Curitiba, Paraná, do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA II), com destino a LABACE para alertar pilotos e passageiros sobre a importância do ELT (Emergency Locator Transmitter), localizador de emergência que permite saber os dados de localização e de alertas de emergência das aeronaves. Ao receberem o sinal de alerta a Coordenação de Salvamento Aeronáutico (Salvaero) assume a missão de prestar o Serviço de Busca e Salvamento.

A campanha de conscientização da SALVAERO na LABACE, busca combater os acionamentos não intencionais e a falta de registro dos localizadores. A falta de registro não impede seu funcionamento, mas atrasa os procedimentos de busca. “Fiquei muito impressionada com a importância do registro do localizador. Em casos de emergência, cada segundo é crucial para salvar vidas”, comenta Sabrina Dias Couto, estudante de aviação.

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Texto e Fotos: Tenente Ananda (SRPV-SP)
Edição: Denise Fontes

Assunto(s): LABACE