Notícias

Visita da Eurocontrol fortalece parceria com o DECEA

publicado: 13/09/2019 15:35

 




O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) tem dois tratados de cooperação com a Organização Europeia para a Segurança da Navegação Aérea (EUROCONTROL), que visam à melhores filosofias de escala dos controladores, dando suporte para um bom planejamento de forma eficiente, atrelada à demanda operacional.

Um deles é o Acordo de Filosofias de Escala e Ferramentas (Rostering Philosophies and Tools Agreement), que contempla um Anexo, que prevê o suporte da EUROCONTROL na criação do Total ATM no Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB). Outro tratado é a Cooperação Mútua no Campo de Navegação Aérea (Mutual Cooperation in the Field of Air Navigation).

O Total ATM é uma visão de gerenciamento de tráfego aéreo (ATM) de futuro, preparada para o crescimento da demanda, que implica um plano de melhoria nas áreas de performance, capacidade e gerenciamento de recursos. A expectativa é a modernização do sistema ATM brasileiro.

A criação do Escritório Brasileiro de Ligação para a Segurança da Navegação Aérea junto à EUROCONTROL (EBL-SNAER) facilita o andamento desses acordos estabelecidos, que já estão gerando benefícios para ambas as partes.

O Major Aviador Deoclides Fernandes Barbosa Vieira, chefe do EBL-SNAER, acompanhou, nos dias 11 e 12 de setembro, John Santurbano - diretor do Centro de Controle da Área Superior (MUAC) - de Maastricht -Holanda, em visita ao Brasil.

O convite do DECEA para John Santurbarno - que está pela primeira vez no Brasil - teve o objetivo de proporcionar o conhecimento do mecanismo de atuação de nossas unidades e a forma de condução da escala de trabalho dos controladores de tráfego aéreo.

John Santurbano é o responsável por um dos melhores provedores de serviços de navegação aérea com melhor desempenho e economia na Europa. Toda a sua carreira foi dedicada ao gerenciamento de tráfego aéreo. É formado no instituto de meteorologia alemão DWD, em 1993. Sua experiência abrange todas as atividades clássicas de prestadores de serviços de navegação aérea, dando-lhe uma forte base em questões operacionais, além de estabelecer fortes vínculos com as partes interessadas internacionais e nacionais no ATM europeu, na qualidade de representante nacional.

Na manhã do primeiro dia, o representante da EUROCONTROL foi recebido pelo vice-diretor do DECEA, Major-Brigadeiro do Ar Walcyr de Araujo Castilho, em sua sala, para um café da manhã e boas-vindas, quando foi exibido o vídeo institucional do Departamento, atualizando Santurbano das atividades do SISCEAB e das organizações militares subordinadas ao DECEA.

O chefe do Subdepartamento de Operações, Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, que acompanhou a visita, declarou ser importante que o representante da EUROCONTROL conhecesse a realidade do DECEA e suas instalações para melhor compreensão da cultura e da metodologia de trabalho, bem diferente da prática vivenciada na Europa. "Nessa visita, o chefe da MUAC terá uma visão real das nossas atividades e, quando retornar, pode orientar suas equipes no sentido de ter melhor rendimento possível desse intercâmbio".

Na sequência, Santurbano foi ao Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), sendo recebido por seu diretor, o Coronel Aviador Ricardo Miranda. Após a apresentação do ICA, Santurbano conheceu as instalações e os serviços oferecidos pela Instituto.

O chefe da MUAC tirou suas dúvidas com os oficiais sobre o uso flexível do espaço aéreo militar e civil e também sobre a atuação da área de aeródromos (AGA) na autorização de construção próximo a aeroportos. Além disso, perguntou sobre o funcionamento do uso do espaço aéreo por drones.

Dentro da sua esfera de trabalho na MUAC - que atende a quatro países dentro de um ACC - Santurbano viu que era bem diferente do Brasil, que tem cinco ACCs para atender a todo o País. E isso ficou bem claro nas apresentações, tanto do DECEA quanto do ICA. A estrutura do DECEA é muito maior e é bem específico em relação a operação de escalas do controlador de tráfego aéreo. Por esse motivo, a visita foi importante - contribuindo para entendimento dos acordos firmados entre DECEA e EUROCONTROL.

Em seguida, a visita se estendeu ao Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA). A recepção ficou por conta do Tenente-Coronel Maurício Maia Ramos Neto, chefe da Divisão Operacional do Centro. Desde a novembro de 2018, mensagens a respeito dos voos que decolam do Brasil ou que passam pelo espaço aéreo brasileiro são enviadas do CGNA ao Centro de Operações de Gerência de Rede (NMOC) da EUROCONTROL.

Na visita ao CGNA, Santurbano esteve no salão operacional e tirou suas dúvidas com o Brigadeiro Bertolino e demais oficiais.
Na parte da tarde, o representante da EUROCONTROL foi ao Destacamento de Controle do Espaço Aéreo do Galeão (DTCEA-GL), visitando o Controle de Aproximação (APP) e a Torre de Controle. Na oportunidade, esteve também no Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim e conheceu a infraestrutura aeroportuária local, administrada pela empresa RIOGaleão.

"Foi interessante a visita, apresentamos o DTCEA-GL e as pessoas que trabalham nesses setores. Ele conversou com os controladores sobre a responsabilidade com o tráfego aéreo. Destacamos nossa participação nos últimos grandes eventos sediados no Brasil e ressaltamos, também, os nossos futuros projetos, como o Agile Rio e o TRACON” - comentou o Major João Carlos, comandante do DTCEA-GL.

O TRACON (Terminal Radar Approach Control) vai reunir os APPs do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte um uma única estrutura, localizada no Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Guaratinguetá (DTCEA-GW).

O Agile RIO prioriza o processo de decisão colaborativa, no qual todos os envolvidos participam ativamente de todas as etapas do projeto, além de aproximar as companhias aéreas e as entidades aeronáuticas.

Na oportunidade, o representante da EUROCONTROL se inteirou bastante sobre o SAGITARIO – Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatório de Interesse Operacional – que permitirá ao controlador maior segurança durante a execução de sua tarefa, e também uma ordenada e rápida circulação aérea.

No dia seguinte, o Major Deoclides e o Coronel Aviador James Souza Short acompanharam o diretor da MUAC em Curitiba, no Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo, o CINDACTA II, sendo recepcionados pelo seu comandante, Coronel Aviador Marcos Kentaro Adachi.

A comitiva visitou as instalações do Segundo Centro Operacional Integrado (COI II), onde assistiu a uma apresentação ministrada pelo comandante do CINDACTA II sobre a implantação do projeto Long-Term ManPower Planning System / Sistema de Planejamento de Mão de Obra de Longo Prazo (LTMPPS).

Sob um dos acordos do Programa DECEA-EUROCONTROL (PDE), o Rostering Philosophies and Tools Agreement, formalizou-se, por meio de um anexo assinado pelas duas organizações, o suporte da EUROCONTROL para que o DECEA implante o Total ATM no SISCEAB.

Essa visão ATM de futuro tem como base o LTMPPS, projetado para antecipar a demanda futura de tráfego e mudanças em infraestrutura, grandes eventos, dentre outros.
O principal objetivo do LTMPPS é desenvolver e fornecer uma política e ferramentas de planejamento de mão de obra, do nível estratégico ao tático, para atender aos sistemas ATM atual e futuro. A principal delas, considerada a organizadora desse planejamento, é o TimeZone, cuja licença foi adquirida pelo DECEA.

Nesse contexto, a EUROCONTROL afirma que utilizar os controladores de forma eficiente tem impacto direto nas operações. Segundo essa filosofia, a alocação de controladores em posições na sala de controle é a última fase de um processo importante, que começa em nível estratégico, com uma avaliação inicial do número de setores do espaço aéreo a serem abertos e da equipe necessária para elaborar a escala operacional.

À medida que o dia da operação se aproxima, um refinamento contínuo é necessário para levar em consideração qualquer fator que influencie o plano. Dessa forma, a TimeZone é uma ferramenta para suportar o processo de planejamento completo (Total) e está integrada com outras ferramentas de planejamento, tais como de gerenciamento de pessoal operacional, de fluxo etc. Por conter uma série de recursos sofisticados, a TimeZone permite um gerenciamento dinâmico em situações complexas, como indisponibilidade de última hora da equipe ou níveis de tráfego e picos inesperados.

Durante a exposição, o Coronel Adachi apresentou os resultados preliminares no Centro de Controle de Área de Curitiba (ACC-CW) e o contexto que levou à necessidade de aperfeiçoar o sistema de gerenciamento de escalas no ACC-CW, destacando a crescente demanda de tráfego aéreo e as atividades militares desenvolvidas pelos ATCOs em paralelo à atividade de controle.

Nesse sentido, foram apontadas as particularidades da escala do ACC-CW, tais como composição, estrutura e número de operadores, bem como os resultados preliminares da aplicação da filosofia trazida do EUROCONTROL, cujos índices apontam um aumento de produtividade de cerca de 15%, atingindo a marca global de 65%, além de uma redução da carga horária por controlador de 165 para 130 horas mensais.

Com o LTMPPS totalmente implantado, os resultados tendem a ser ainda melhores. “A expectativa é de que, em breve, seja atingida a marca de 90% de produtividade, promovendo uma economia de recursos, graças à iniciativa do DECEA, que teve essa visão”, afirmou o Coronel Adachi.

O LTMPPS é de grande importância para o SISCEAB como um todo, pois é estruturante. “Através desse projeto estamos recebendo uma tecnologia que revoluciona nossa forma de gerenciar as escalas dos controladores de voo. A EUROCONTROL, por meio de um grupo de desenvolvedores pertencentes ao MUAC, desenvolveu uma tecnologia que permite otimizar o emprego de controladores de voo nos órgãos de controle. Essa tecnologia, que levou mais de dez anos para ser desenvolvida na Europa, com significativo emprego de recursos financeiros e de tempo, está sendo agora transmitida para o Brasil, através dessa parceria entre o DECEA e a EUROCONTROL. Em pouco tempo, desde que tivemos contato com esse projeto, com base na filosofia do LTMPPS, nós já estamos obtendo excelentes resultados na elaboração das nossas escalas de controle de tráfego aéreo”, concluiu o Coronel Adachi.

“Essa filosofia, que nós chamamos de Total ATM, já começou a gerar frutos na operação do CINDACTA II. Sua principal ferramenta, a TimeZone aloca os ATCO durante o turno de serviço, aproveitando ao máximo a produtividade da equipe, através do planejamento de setores e posições operacionais realmente necessárias em função da demanda do tráfego”, afirmou o Major Deoclides.

Ao final da apresentação, o diretor do MUAC agradeceu pela visita e afirmou ter ficado impressionado com o gerenciamento das atividades de controle de tráfego aéreo civis e militares realizadas em conjunto e ressaltou que o CINDACTA II pode se beneficiar grandemente com a expertise e a proficiência da EUROCONTROL, mas que nunca deve perder de vista a parte humana da atividade, sendo este um grande foco do Projeto.

 

Reportagem: Daisy Meireles (DECEA) e 2S BMT Julliana Gomes (CINDACTA II)
Fotos: 1T Rep Melissa (CINDACTA II) /Luiz Eduardo Perez (DECEA)/ SO Laplace (DTCEA-GL)