Notícia Destaque

Supervisor do Sistema Automático de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas é contemplado com criação do Curso CNS019

O curso vai formar supervisores para o Centro de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas em Brasília


publicado: 13/07/2018 16:06

 




Um grupo de trabalho formado por militares do quadro de Comunicações, com formações em várias áreas, como Estatística, Pedagogia e Geografia empenharam-se para concluir a criação do Curso CNS019 - Supervisão do AMHS (Sistema Automático de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas).

O conhecimento acadêmico foi utilizado para a elaboração do material didático que será apresentado ao Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), para aprovação. Os especialistas conduziram todo o material pedagógico na área de Comunicação, orientados por documentos da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI),  do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e de acordo com as normas do ICEA.



A equipe foi para o ICEA com disposição para produzir a partir do zero. "Nosso objetivo era concluir o trabalho e conseguimos. Eu não tinha conhecimento do uso da ferramenta da Divisão de Capacitação e Treinamento Prático (DCTP) nem da intervenção valorosa das pedagogas nesse processo. O GT se empenhou por duas semanas - de 18 a 29 de junho - com essa meta. Trouxemos o material base e nossa missão era produzir. E conseguimos" - disse o Capitão da Reserva Lúcio Cavalcante , chefe da Subdivisão de Telecomunicações Aeronáuticas (DO-COM) do Primeiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I).

 

A DCTP tem estado praticamente em todos os grupos de trabalho (GT), utilizando o Sistema de Gerenciamento de Capacitação (SGC), que visa administrar toda a capacitação no SISCEAB, facilitando a confecção dos documentos, com mais agilidade na padronização das apostilas, como foi o caso do CNS019.  "Aplicamos um módulo de documentação de ensino, que auxilia na construção de currículo mínimo, Plano de Unidades Didáticas (PUD) e apostila. Essa ferramenta SGC administra também a construção dos objetivos operacionalizados e facilita a atualização e a confecção dos cursos" - explicou o Suboficial Almir Gomes da Silva, representante da DCTP no GT.

As orientações pedagógicas foram da 1º Tenente Juliana Soares Brandão de Aguiar e da 2º Tenente Marlise Brazão de Assis, respectivamente, do Terceiro e do Quarto Centros Integrados de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTAs III e IV).

A primeira fase foi concluída - questões de prova e apostilas - que serão revistas pela Divisão de Ensino do ICEA, com aval da Divisão de Capacitação e Treinamento Profissional (DCTP) do DECEA e será apresentado numa segunda reunião que acontecerá em setembro deste ano.

O Curso CNS019 vai formar supervisores para o Centro de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas dde Brasília (CTMA-BR)​ e é o primeiro do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) que vai atender à uma demanda de auditoria da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). Havia essa necessidade, de os profissionais do CTMA-BR estarem habilitados para exercer essa função.

O AMHS é responsável por veicular mensagens aeronáuticas no SISCEAB, interconectando-se com outros sistemas, como o Sagitario, que é voltado para o tratamento e visualização de dados de tráfego, e o Sigma, direcionado para a gerência do fluxo geral de tráfego aéreo no Brasil. O AMHS realiza, de forma efetiva, o tráfego de mensagens aeronáuticas que auxiliam o gerenciamento da navegação aérea no espaço sob responsabilidade do Brasil e visando atender às  recomendações da OACI o DECEA trabalha de forma coordenada com os demais Estados para concluir as interconexões internacionais AMHS.

O 1º Tenente Marcelo Mello Fagundes, especialista em Comunicações, falou da importância da criação do curso CNS019, já que será por meio dele que os profissionais que trabalham no CTMA-BR poderão ser capacitados e atualizados para atuar como supervisores. "Há tempos, o CTMA-BR assumiu uma posição de destaque e referência, não só na América do Sul, mas no mundo todo. O CNS019 visa à garantia da continuidade do excelente serviço prestado por aquele órgão operacional de comunicações", declarou o tenente.

O AMHS veio ao encontro do desenvolvimento mundial das tecnologias em prol do gerenciamento do tráfego aéreo. É uma versão de correio eletrônico mais moderna, que possibilita maior gerenciamento  na supervisão do tráfego de dados, de maneira eficaz, troca de informações de forma diferenciada em relação ao correio eletrônico anterior.

 

No âmbito do SISCEAB, o AMHS serve como plataforma para veiculação de informações de emergência, de segurança e de regularidade de voos entre os usuários da comunidade aeronáutica internacional. É a base para o provimento do Serviço de Tratamento de Mensagens Aeronáuticas (STMA) que dá suporte ao tráfego de mensagens de serviço de tráfego aéreo (ATS), informações aeronáuticas (AIS), meteorologia (MET), busca e salvamento (SAR) e administração aeronáutica.

 

 

Reportagem: Daisy Meireles (RJ 21523 JP) - daisydsm@decea.gov.br
Fotos: S2 SSG Alencar (ICEA- alencarlsa@icea.gov.br