Notícias

Força Aérea Brasileira, GRU-Airport e Action Editora promovem Seminário Internacional de A-CDM

publicado: 19/08/2019 09:32

 




Para alcançar a excelência do serviço de gerenciamento das operações aéreas no âmbito do aeroporto, de forma a incluir todos os participantes desse processo, emprega-se o modelo de tomada de decisões colaborativa, conhecido também como airport collaborative decision making (A-CDM).



O conceito A-CDM visa à melhoria do gerenciamento de fluxo e da capacidade de tráfego aéreo nos aeroportos, reduzindo atrasos, otimizando recursos, diminuindo os impactos ambientais, resultando no aumento da capacidade operacional dos aeródromos.

As informações são reunidas e compartilhadas em tempo real entre todos os operadores, isto é, companhias aéreas, órgãos governamentais, operacionais, administrativos, de gerenciamento de controle de tráfego aéreo e prestadores de serviço.  A troca dessas informações, por essa equipe multidisciplinar, proporciona melhor planejamento e previsibilidade operacional, garantindo, assim, maior eficiência do serviço.

Essa metodologia tem como objetivo nivelar as necessidades dos usuários com os recursos disponibilizados pelos diversos sistemas. Assim, os envolvidos buscam integração e coordenação entre as partes, permitindo que todos conheçam as dificuldades e o cenário real e futuro de cada situação, buscando soluções eficientes, rápidas e que possam atender a todos da melhor forma.

O A-CDM também está sendo implementado na América Latina, que tem previsão de crescimento nos movimentos aéreos para as próximas décadas e muitos benefícios.

Visando disseminar esse conceito, a Força Aérea Brasileira (FAB), o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU-Airport) e a Action Editora realizarão, nos dias 9 e 10 de setembro de 2019, o Seminário Internacional “A-CDM – O Futuro é Colaborativo”, que acontecerá no GRUAirport, em São Paulo.

O objetivo é apresentar aos participantes o conceito A-CDM, visando um novo patamar de eficiência para a comunidade aeronáutica no continente Sul Americano. Os dois dias de evento serão compostos por palestras expositivas e workshops sobre os temas: conceitos, implantação e ganhos econômicos do A-CDM; o A-CDM no aeroporto e para empresas aéreas; Guarulhos - um projeto piloto no Brasil; o A-CDM no Brasil – um projeto do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

O Seminário irá reunir, no mesmo local, a comunidade aeronáutica, órgãos internacionais da aviação civil, membros do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB), companhias aéreas nacionais e internacionais, aeroportos do continente, empresas de serviços aeroportuários, órgãos governamentais, indústria aeronáutica mundial, imprensa,  entre outros, proporcionando o conhecimento e a partilha de informações de um novo conceito operacional para a aviação da América do Sul.

“Esse Seminário tem como principal foco divulgar a cultura A-CDM para que nossos usuários entendam o que é essa cultura. Muitas pessoas ainda têm dúvida sobre os benefícios que o A-CDM poderá trazer aos aeroportos brasileiros. Então, o seminário é uma forma de conscientizar, cada vez mais, sobre a importância de termos esse conceito implementado no Brasil. Todos devem saber que o futuro é colaborativo!” – explicou o Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA.

Clique aqui para realizar sua inscrição.

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Texto: 1º Ten JOR Myrian Bucharles Aguiar