Notícias

Diretor-Geral do DECEA recebe autoridades da Força Aérea Peruana no CGNA

publicado: 07/08/2019 15:42

 





Na manhã desta quarta-feira, dia 07 de agosto, o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, recebeu no Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) uma comitiva de autoridades das Forças Armadas Peruanas, em especial, da Força Aérea local.

O DGCEA se fez acompanhado do chefe do Subdepartamento de Operações (SDOP), Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino e do Chefe da Divisão de Operações (DO) do CGNA, Tenente-Coronel Aviador Maurício Maia Ramos Neto.

A comitiva foi recepcionada na Sala Master do Centro, que, segundo palavras do DGCEA em sua abertura, “é uma unidade distinta dos demais órgãos de controle por visualizar o País como um todo, gerenciando o fluxo de tráfego aéreo a partir de uma visão ampliada, sistêmica e validada pela aplicação do conceito de Tomada de Decisão Colaborativa”.

O Tenente-Coronel Maurício falou sobre a relevância da Sala Master, citando o trabalho ali realizado durante os grandes eventos internacionais sediados no Brasil entre 2012 e 2019.
Em seguida, a palavra foi passada ao Sargento José Maurício da Conceição Rocha, da Seção de Doutrina do CGNA, que apresentou a missão, o histórico e os conceitos aplicados na condução das atividades da unidade.

Um destes conceitos, o que baseia as principais medidas, é o de Tomada de Decisão Colaborativa (CDM – do inglês Collaborative Decision Making), sendo a principal ferramenta empregada atualmente na busca de soluções integradas e inteligentes, envolvendo equipes multidisciplinares para tomadas de decisões.

C. Rocha mencionou os acordos de cooperação e intercâmbio de dados com a EUROCONTROL – firmado em 2015, e com países da América do Sul (Argentina, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Venezuela); América Central (República Dominicana) e da África (Cabo Verde e Serra Leoa).

Após a apresentação, o Brigadeiro Bertolino respondeu perguntas sobre a estrutura e funcionamento dos órgãos de controle de tráfego aéreo e o Tenente-Brigadeiro Domingues abordou questões relativas à Defesa Aérea.

O DGCEA frisou ainda a futura implantação da primeira Torre de Controle Remota da América Latina que, a partir de 23 de outubro, entrará em operação em Santa Cruz, no Rio de Janeiro.
“O futuro da Força Aérea Peruana está aqui nesta sala. Foi um grande prazer recebe-los e ter a oportunidade de estreitarmos nossos laços”, concluiu o Diretor-Geral.

A comitiva seguiu a visita no Salão Operacional e terminou o evento com um café da manhã.

 

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Texto: Telma Penteado – jornalista
Fotos: Fábio Maciel e Valéria Reis