BRASIL

DECEA

Foto: pame
Dom: PAME

PAME-RJ

Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro

Atua no suporte logístico e de manutenção do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro.

O PAME-RJ é uma organização de caráter industrial com intenso grau de envolvimento com todo o Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB). Suprimentos, reparos e manutenções de equipamentos eletromecânicos, de radiodeterminação, de telecomunicações, de auxílios à navegação, dentre outros, transformaram o PAME-RJ em um polo irradiador de excelência no apoio ao SISCEAB e ao Comando da Aeronáutica.

O órgão também é responsável pela confecção das publicações técnicas aeronáuticas do SISCEAB, obedecendo a uma programação anual estabelecida pelo DECEA. Após serem elaboradas pelas unidades especializadas, as publicações - AIP Brasil, AIP MAP e ROTAER, dentre outras - são submetidas à Imprensa Gráfica do PAME-RJ para a confecção.

Veja as principais atribuições do PAME-RJ:

  • manter e aferir os equipamentos de acordo com as atribuições e os regulamentos estabelecidos;
  • adquirir, receber, armazenar e distribuir o material necessário ao cumprimento do seu programa de trabalho e à operação dos equipamentos, cujo apoio seja de sua responsabilidade;
  • elaborar, imprimir e distribuir as publicações técnicas do DECEA;
  • promover a atualização e o treinamento especializado do pessoal, qualificando-o para o cumprimento das atividades técnicas decorrentes das atribuições delegadas pelo DECEA;
  • zelar pela conservação das edificações, instalações e equipamentos do acervo patrimonial da União, sob sua responsabilidade.

Por ocasião da Segunda Guerra Mundial, o terreno situado na então Quinta do Caju, doado à Coroa no século XIX, foi cedido ao Ministério da Aeronáutica. Na época, a Diretoria de Rotas Aéreas - DR (atual DECEA) decidiu instituir o "Projeto Caju", que culminaria na concepção, criação e efetivação de uma unidade destinada ao apoio à infraestrutura de proteção ao voo, em franca expansão, sobretudo após o boom no crescimento do tráfego aéreo no pós-guerra. Surgia, em 1959, a OCEDRA - Oficina Central Especializada da Diretoria de Rotas Aéreas.

Por cerca de uma década, essa organização incorporou e ampliou suas atividades. Ativou e aprimorou as oficinas técnicas e implantou, dentre outras instalações, um eficiente Laboratório de Aferição de Instrumentos - embrião da atual Subdivisão de Metrologia.

O crescente desenvolvimento da organização, porém, levou à aprovação, por parte do Governo, de um decreto que lhe concedia autonomia administrativa em 1963. Com um comando próprio, descentralizada da Diretoria de Rotas, o órgão passa a se chamar Núcleo de Parque de Eletrônica (NUPEL), uma vez que as instalações já haviam sido concluídas, atendendo aos objetivos preconizados pelo Projeto Caju.

Esta condição de autonomia, no entanto, só perdurou até 1972. Na ocasião, foram instituídos os parques de eletrônica - subordinados diretamente à Diretoria Eletrônica de Proteção ao Voo (órgão central do SISCEAB, que à época, substituiria a DR). Agora, como Parque de Eletrônica do Rio de Janeiro (PERJ), o órgão passava também a imprimir cartas aeronáuticas e outros documentos necessários à navegação aérea e ao sistema de telecomunicações da FAB.

Em 1982, rebatizado como Parque de Material de Eletrônica do Rio de Janeiro, o PAME-RJ, passa a ser uma unidade industrial para o apoio logístico às atividades de Proteção ao Voo e de Telecomunicações do Ministério da Aeronáutica, redefinindo com isso novos conceitos e atribuições do órgão.

Hoje o PAME-RJ conta com engenheiros e pessoal técnico de alto nível de especialização, prestando atendimento às demandas, sempre crescentes e desafiadoras, da imprensa técnica e da manutenção do acervo de equipamentos que sustentam o SISCEAB.

Dotado de inúmeros laboratórios onde são testados, calibrados e mantidos os equipamentos, o PAME proporciona o suporte de manutenção indispensável ao funcionamento do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro.

Órgão subordinado ao DECEA, o Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro é hoje uma organização de elevado nível técnico. Qualidade obtida, sobretudo, por meio da seleção e desenvolvimento dos seus recursos humanos. Um polo irradiador de excelência no apoio ao SISCEAB especialmente nas áreas de radiodeterminação, eletromecânica, telecomunicação e auxílio à navegação aérea.

Clique aqui para acessar o site do PAME-RJ na Internet.

Parque de Material de Eletrônica da Aeronáutica do Rio de Janeiro
Rua General Gurjão nº 4 - Caju - CEP: 20931-040
Seção de Atendimento ao Cliente
Tel.: (21) 2117-7294 / (21) 2117-7295 / (21) 2117-7296
Fax geral da OM: (21) 2117-7219 / (21) 2117-7399
Comunicação Social: (21) 2117-7225
E-mail: dscs@pame.aer.mil.br
Site: http://www.pame.aer.mil.br


Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação/DECEA
Créditos