Notícia Destaque

DECEA realiza seminário sobre Gestão de Resíduos

publicado: 04/12/2017 13:34

 




O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) realizou entre os dias 27 e 30 de novembro, o primeiro seminário sobre Gestão de Resíduos, no Rio de Janeiro (RJ).

O evento foi presidido pelo chefe do Subdepartamento de Administração (SDAD) do DECEA, Brigadeiro do Ar Luiz Cláudio da Fonseca Bragança Pinheiro, e contou com a presença de profissionais das três Forças Armadas, além de representantes de universidades, hospitais, empresas e órgãos públicos envolvidos com a sustentabilidade.

O Brigadeiro Bragança deu as boas-vindas aos participantes e enfatizou a importância de sediar o evento. "Representantes da Rede de Sustentabilidade do Estado do Rio de Janeiro, em virtude de uma pesquisa entre as organizações participantes, observaram a necessidade de criar o Projeto Compartilhando Ideias Sustentáveis", destacou o oficia-general.

Para o chefe da Divisão de Assistência Integrada do SDAD do DECEA, Coronel Aviador da Reserva André Luiz de Miranda Rebello, o evento tem o objetivo de capacitar os integrantes da Comissão Gestora do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do DECEA no Complexo Santos Dumont, além de conhecer as boas práticas de gestão ambiental executadas pelos órgãos públicos presentes.

Dentre os assuntos abordados, foram debatidos a coleta e gestão de resíduos, a solução para os desperdícios das repartições públicas, os custos de seu manejo e a necessidade da inclusão social dos catadores.

Responsabilidade Socioambiental

O Programa de Coleta Seletiva Solidária foi, também, um dos temas discutidos durante o seminário. Entre os benefícios, estão a melhoria das condições de trabalho dos catadores, oportunidade de renda, inclusão social, aumento da vida útil dos aterros sanitários e incentivo da reciclagem.

O assessor ambiental do Parque de Material de Eletrônica do Rio de Janeiro (PAME-RJ), engenheiro Daniel de Souza da Cruz, falou sobre a logística reversa, procedimento no qual uma empresa ou organização devolve resíduos sólidos ao fabricante para o reaproveitamento do produto. O PAME-RJ realiza, desde 2013, esse processo com cartuchos, pilhas e baterias. “A inicativa evita o desperdício, contribui com a proteção do meio ambiente e proporciona economia de recursos. Como órgão público devemos dar o exemplo”, comenta.

Ainda durante o evento foram apresentadas as diretrizes da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P): uso racional dos recursos naturais e bens públicos; gestão adequada dos resíduos gerados; qualidade de vida no trabalho; sensibilização e capacitação dos servidores; licitações e construções sustentáveis.

Palestrante do evento e gerente de Meio Ambiente da Nuclebrás Equipamentos Pesados S/A (NUCLEP), Viviane Montebello Carvalhosa, expressou a satisfação de participar do encontro. “Pude transmitir e absorver conhecimentos na área e interagir com outros órgãos públicos com práticas distintas de gerenciamento de resídios”, afirmou.

Para a consultora da Alemanhã e membro da Rede de Sustentabilidade do Estado do Rio de Janeiro, Roswitha Meyer, a interação entre os participantes é de extrema importância para o incremento do intercâmbio de informações sobre o assunto. “Estamos buscando as experiências das organizações brasileiras, a fim de viabilizarmos uma gestão melhor para os resíduos químicos”, concluiu.

Durante o seminário, foram distribuídas mudas de ipê doadas pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE).

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Texto: Denise Fontes - Jornalista
Fonte e Fotos: Fábio Maciel